segunda-feira, 5 de maio de 2008

...Em busca de um lar...

"Ele foi atropelado dia 3 de Abril por um senhor que fugiu. Ficou com a patinha da frente partida em vários pontos e a de trás magoada. Chamou se a policia que chamou o canil.

Eu fiquei ao lado dele duas horas, à beira da estrada, á espera dos senhores do canil, que nunca apareceram, até me fartar de ver o bicho a sofrer.

Fui então com ele ao canil municipal da Póvoa de Sta Iria onde me disseram expressamente que se eu entregasse o cão ele seria imediatamente abatido. Como é óbvio, não permiti que isso acontecesse.
Fui c ele ao veterinário onde lhe meteram uma tala na pata, me deram uns comprimidos para lhe dar para as dores e antibiótico.

Esse dia foi uma luta quase em vão para lhe tentar arranjar um lar. Telefonei a meio mundo, incluindo instituições de animais, e o único sitio em que o consegui meter foi através de um mega favor especial da amiga de uma amiga (que eu não conheço, mas ainda bem que existem pessoas assim), num canil/hotel em Tercena.

Agradeci por ser ai porque ao menos tem um veterinário que trata dele.
Ele está numa jaula de metro e meio e todas as semanas lá vou levar comida. O veterinário diz que ele é um amor mas que é muito improvável que alguém o queira adoptar porque ele já não é cachorro, apesar de ainda não ter feito 1 ano.

A patinha dele está a ser tratada e em menos de 1 mês ficará boa.
Embora esteja a pagar para ele lá estar, a minha única preocupação é arranjar-lhe um lar. Acho que ele, como qualquer cão merece. Se me poder ajudar agradeço do fundo do coração. Obrigado."

Diana Sousa.
919675160